sábado, 28 de março de 2009

Trabalhando com Valores Humanos

Trabalhando com Valores Humanos

RESPEITO:

O trabalho com esse valor (RESPEITO) vai de 30/03 a 24/04/2009.

Quando estamos conscientes de nossos valores e os colocamos em prática permanente, temos condições de honrar os valores das outras pessoas e é esse o melhor meio de se obter respeito.

Quando não conseguimos entender nossos próprios valores ocorre o perigo de vermos os valores dos outros como um perigo para nossa auto-estima, o que poderá transformar os sentimentos positivos de admiração e respeito em sentimentos negativos de inveja, desprezo e desrespeito.

Nosso trabalho, então, deve começar por nós mesmos, ou seja, trabalhar a reflexão do educador estimulando-o a buscar o autoconhecimento e assim descobrir os seus próprios valores.

REFLEXÃO SOBRE O VALOR RESPEITO:

Após esse ou outro exercício de reflexão, está na hora de trabalharmos o valor das próximas quatro semanas, que é o RESPEITO, começando por questionar se:

· A atitude que estou tendo em sala de aula, do momento em que entro na sala e até o momento em que saio dela estimula um clima de respeito e compreensão mútuo?

Em seguida passamos a lista de comportamentos que o educador deve assumir para ter certeza de que suas atitudes estimulam o respeito mútuo:

· Exercitar a escuta ativa: ouvir cuidadosamente e atentamente o que cada aluno diz, tenta dizer ou quer dizer (as emoções escondidas por trás das palavras nos ajudam a entender o que ele quer dizer, mas nem sempre consegue).

· Fazer com que os alunos estabeleçam normas de classe (semelhante aos "combinados") para que eles se sintam estimulados a respeitar regras.

· Fazer com que eles mesmos definam limites, identifiquem transgressões e estabeleçam atitudes punitivas, que serão adotadas pelo professor ou pelo líder da sala.

· Lembrar que o tom de voz deve ser coerente com a atmosfera que se deseja criar, podendo ser carinhoso, entusiasmado, incentivador, claro, firme ou sério, dependendo do momento ou do objetivo.

PAIS E FAMILIARES – ABERTURA DO ENCONTRO:

O ambiente deve ser sempre um ambiente de valores humanos, com uma música suave ao fundo, antes de se iniciar o encontro.

Abre-se o encontro com a explicação sobre o trabalho do valor RESPEITO que será realizado com seus filhos nas próximas semanas e o objetivo principal.

Em seguida apresentam-se os pontos básicos de reflexão sobre RESPEITO, que serão trabalhados com seus filhos:

· Respeito por mim mesmo: Saber que sou naturalmente único e valioso e que tenho confiança em mim.

· Parte do auto-respeito é conhecer minhas próprias qualidades.

· Respeito é saber que sou amável e capaz.

· Respeito é escutar atentamente os outros.

· Respeito é saber que os outros também são valiosos.

· Quando eu me respeito eu consigo respeitar os outros.

· Quem respeita será respeitado.

· Conhecer e honrar o valor do outro e a melhor forma de se ganhar respeito.

PAIS E FAMILIARES – VIVÊNCIA:

O ambiente deve ser sempre um ambiente de valores humanos, com uma música suave ao Uma vivência semelhante aquela dos educadores pode ser feita com os pais. Vou sugerir a de "Construção positiva do comportamento através do elogio".

Crianças precisam da atenção dos pais e quando não a têm procurarão consegui-la por meio de atitudes erradas. Para evitar que isso ocorra e para se obter melhores resultados, utilizem o método do reforço positivo.

Reflita sobre o seguinte:

· O que seu filho faz bem?

· O que ele faz de positivo e corretamente sem precisar se lembrado?

· Você costuma dar valor a esse feito e elogiá-lo, ou simplesmente ignora

O elogio é algo positivo para a maioria das crianças e adolescentes. Mas não são todas as crianças que gostam de elogios. Algumas se sentem constrangidas. Procure descobrir como ele é nesse aspecto.

Sempre que elogiar seu filho, acrescente o valor humano que ele está praticando. Por exemplo:

"Você não revidou quando ele o xingou. Você manteve o auto-respeito e poder! Que bom para você!"

"Gostei do jeito que você ajudou na cozinha. Foi mesmo uma grande cooperação."

E assim por diante.

Alguns adolescentes são duros por fora, mas moles por dentro, ou seja: não parecem estar se importando com elogios, mas você percebe que gostaram quando repetem o comportamento elogiado.

Mas cuidado para não estragar o elogio com um elemento "estragador", como por exemplo:

"Parabéns pelo belo trabalho! Por que você não passa a fazer isso sempre e acaba com a preguiça?"

Cuidado também para não exagerar em elogios contínuos. Isso pode parecer forçado. Tem que ser uma atitude natural.

PAIS E FAMILIARES – DEVER PARA CASA:

· Faça um elogio a seu filho incentivando seu comportamento positivo e sua qualidade.

· Sempre que estiver com ele procure dar alguns minutos de atenção total, escutando-o atentamente. Esse é o melhor meio de demonstrar respeito e fazer com que ele sinta-se valorizado.

· Conte alguma história sobre o respeito por si mesmo (pode ser uma que você ouviu no grupo de pais).

· Diga a seu filho qual a qualidade que você mais reconhece nele.

· Quando ele estiver ajudando em casa fique feliz! Demonstre isso!

· Quando houver desrespeito, sente-se com ele e converse sobre o fato, mas sempre depois de estar calmo e sem qualquer irritação. Esse momento é importante para que ele realmente compreenda o que fez de errado.

· Abrace seu filho mesmo que não tenha qualquer motivo para isso. Procure fazer isso todos os dias.

ALUNOS:

Para cada faixa etária desenvolva atividades específicas, sempre procurando enfatizar o respeito por si mesmo e pelos outros. Essas atividades devem ser criadas dentro de cada disciplina, da seguinte forma:

· O professor deve reler seu plano de aula e o assunto a ser ministrado, procurando identificar o valor RESPEITO nesse conteúdo.

· Também deve ligar as notícias de jornais e revistas da semana que tenham a ver com o assunto, mas sempre procurando identificar o valor RESPEITO nessas relações.

· Esse valor deve ser visto sob a forma de RESPEITO A SI MESMO, ou na forma de RESPEITO AO OUTRO, ou de RESPEITO À NATUREZA, À SOCIEDADE, Á FAMÍLIA, etc.

· Deve ser evitado, A TODO CUSTO, dar exemplos do anti-valor, ou seja, do desrespeito. Por experiência própria já identificamos uma total retrocesso no comportamento ético e moral de alunos de turmas inteiras, depois de terem participado de aulas de valores humanos em que se mostravam filmes e exemplos de anti-valores, mesmo com a preocupação do professor em mostrar que tais atitudes seriam erradas.

· Havendo aula específica de Educação Emocional ou Valores Humanos

As vivências mais interessantes estão nos livros:

"Atividades com valores para estudantes", do Instituto Vivendo Valores.

-----------------------------------------------------------------------------------


PAZ

Quanto aos resultados alcançados pelo valor anterior, temos que ter paciência. Isso vai acontecendo a médio e longo prazo.
Quanto a resistência de alguns profissionais, basta eles irem percebendo que os resultados alcançados pelos professores que estão engajados no processo são reais! E eles vão perceber que até a harmonia emocional desses professores passa a ser evidente!!!
Aí, aos poucos, eles vão querendo aplicar o mesmo em si mesmos e em suas turmas.
Alguns parecem terem nascido para sofrer... E preferem continuar "dando aula" ao invés de trabalhar por um objetivo de transformação social...
Mas esses acabam sucumbindo no meio...
Tenho observado muito esses aspectos.

Um comentário:

  1. Bom dia Sr. Roberto
    Gostei do seu projeto sobre respeito, vou copia-lo
    Abraços
    Neusa

    ResponderExcluir